Fenômeno de reflexão do céu no Salar de Uyuni

Salar de Uyuni: conheça o maior Deserto de Sal do Planeta

O Salar de Uyuni é o maior deserto de sal do PLANETA e fica aqui na América Latina, você sabia disso? 

E mais, ele é um dos poucos lugares do mundo que podemos observar, com perfeição, o fenômeno de reflexão do céu.. as vezes é impossível enxergar onde o horizonte começa e termina! 

Fenômeno de reflexão do céu no Salar de Uyuni
Fenômeno de reflexão do céu no Salar de Uyuni

Durante a leitura desse artigo você vai descobrir:

  • O que é e onde fica o maior deserto de sal do mundo
  • Qual a melhor época do ano para ir ao Salar de Uyuni
  • Como chegar no Salar de Uyuni 
  • Como atravessar o Salar de Uyuni
  • 1° dia
  • 2° dia
  • 3° dia
  • 4° dia 
  • Quanto custa e quanto levar R$
  • Dicas essenciais para não passar sufoco

O que é e onde fica o Salar do Uyuni?

O Salar do Uyuni é o maior deserto de sal do mundo, com 11.000 km2 de sal branco, formações rochosas, ilhas repletas de cactos e, por incrível que pareça, alguns flamingos rosas habitam essa região. No mínimo exótico, não?

Muitas pessoas acham que o maior deserto de sal do mundo fica no Chile, mas, na realidade, ele está localizado no sudoeste da Bolívia, próximo da fronteira com o Chile, por isso a confusão.  

Qual a melhor época para ir ao Salar de Uyuni? 

Se você quer tirar uma foto igual a de cima e observar esse fenômeno incrível AO VIVO, anota a primeira dica: você deve ir na temporada de chuva, entre os meses de janeiro e março. 

Agora, se você não faz questão de presenciar esse fenômeno e prefere aproveitar outras atrações – que não podem ser visitadas na época de chuva -, o Salar do Uyuni está disponível para você durante todo o ano. 

Como chegar no Salar de Uyuni?

Existem duas rotas: saindo de San Pedro do Atacama, no Chile, ou de Uyuni, na Bolívia. 

Nesse artigo, vamos abordar especialmente a primeira opção. 

O passeio começa em San Pedro do Atacama, e são 520 km pela rodovia até Uyuni, em um percurso bem tranquilo, geralmente feito de van. 

Como atravessar o Salar de Uyuni?

Flamingo rosa no Salar de Uyuni
Flamingo rosa no Salar de Uyuni

Antes de te contar como a travessia acontece, eu preciso te falar o que você vai encontrar por lá:

  • lagoas coloridas
  • vulcões com picos nevados
  • montanhas gigantes
  • rochas enormes e esculpidas naturalmente 
  • animais exóticos como flamingos e lhamas. 

A travessia é feita em carros 4×4, de 6 lugares, geralmente de forma compartilhada com outros turistas para completar as vagas (mas você também pode fazer um passeio privado).

E eu não vou mentir pra você, essa travessia é raiz, estamos falando de uma verdadeira aventura em um deserto de sal super árido. 

Mas isso não significa que você vai passar fome e não vai ter lugar para dormir.. isso é mito! 

Existem diversos alojamentos e até hotéis com banheira aquecida nos quartos, tudo depende do seu estilo de viagem. 

Uma coisa eu garanto: a estrutura está pronta para receber os turistas da melhor forma possível. 

1° DIA: Em busca do Salar de Uyuni

Travessia do maior deserto de sal do mundo
Travessia do maior deserto de sal do mundo

O primeiro dia de passeio começa, geralmente, de madrugada pegando a rodovia para Uyuni. 

O trecho é tranquilo e, depois de alguns quilômetros, você vai passar pela pela imigração, que fica na fronteira entre os dois países. 

DICA na imigração: você vai precisar descer do carro e sua mala pode ser revistada, por isso, esteja com seu passaporte em mãos e guarde o documento carimbado de saída do Chile, você vai precisar na volta!

Depois disso, os turistas ficam em uma zona neutra para os países, nesse momento é possível tomar um café da manhã regional e encontrar o guia que irá conduzir o carro 4×4 durante o resto do passeio.  

*Uma taxa de 150BOL será cobrada para custear a preservação da região. 

Os primeiros atrativos do caminho serão:

  • Laguna branca
  • Lagoa verde
  • Deserto de Dalí 
  • Águas termais de Polques (é possível tomar banho)
  • Geiser Sol de Mañana 
  • Lagoa Colorada (muitos flamingos por aqui)
  • Mirador a caminho de Villamar
  • Povoado de Villamar  

O povoado de Villamar é o ponto final do primeiro dia, e existem opções de hospedagens para todos os tipos de pacotes, dos mais simples aos mais completos.

2° DIA: Vulcões, lhamas e taça da Copa do mundo 

O segundo dia começa cedo, depois de uma noite de sono e de um bom café da manhã nas hospedagens de Villamar.

As atrações do segundo dia são mais “roots”, com algumas trilhas de nível fácil a médio:

  • Vale de Rocas
  • Taça da Copa do Mundo
  • Camelo de pedra
  • Itália perdida
  • Laguna Vinto
  • Lagoa Katal, ou Negra
  • Cânion Anaconda 
  • Cânion Sora
  • Vulcões nevados
  • Armazém Belém 

No segundo dia, é possível encontrar Lhamas e até dormir em um hostel de SAL, dá pra acreditar? 

3° DIA: Enfim, o Deserto de Sal 

O dia começa bem cedo, e a ideia é assistir ao Nascer do Sol já no deserto, apreciando o horizonte sem fim. 

As atrações do 3° dia, já no deserto, são:

  • Amanhecer no Salar de Uyuni 
  • 2° parada no Deserto: espelhos d’água e fenômeno da reflexão do céu 
  • 3° parada no Deserto: fotos em perspectiva 
  • Monumento das bandeiras
  • Monumento Dakar
  • Isla Incahuasi
  • Feira artesanal de Colchani 
  • Almoço no centro de Uyuni 
  • Cemitério de trens
  • Início do retorno ao Chile e parada noturna no povoado de Villamar 

4° DIA: Retorno ao Chile 

Tudo que é bom dura pouco? Nem sempre! 

O roteiro de 4 dias é considerado ideal para quem quer atravessar o Salar de Uyuni. 

Com essa duração, é possível conhecer muitos atrativos e aproveitar as paisagens do deserto, sem aquela correria de horário, com tempo para tirar as melhores fotos. 

O 4° dia também começa cedo, a primeira parada é para o café da manhã nas Termas de Polques e, depois, na fronteira com o Chile. 

Nesse momento, todo o procedimento de entrada é refeito e você precisa apresentar o documento que foi entregue na de saída do Chile/entrada da Bolívia.

A troca de carros acontece novamente e agora o transfer é de retorno para San Pedro do Atacama.  

Quanto custa e quanto levar 

O passeio compartilhado de 4 dias custa em torno de 260 dólares e, caso queira optar por banheiro e quarto privativo nas paradas ao longo do tour, ele sai em torno de 320 dólares. 

Leve cerca de 300 bolivianos por pessoa, para pagar a taxa de preservação, entradas e utilizar banheiros.

Dicas essenciais para não passar sufoco 

  1. Prepare-se para o frio, as temperaturas podem ser negativas e há possibilidade – baixa – de neve.
  2. Não há internet durante o caminho e o sinal nos povoados não é muito bom, prepare-se para se desconectar! 
  3. Prepare um kit médico, muitas pessoas podem sofrer com a altitude, é bem comum e fácil de resolver! Nada que atrapalhe sua travessia. 
  4. Leve pequenos lanches, barrinhas de cereal e snacks para comer durante a travessia. 

Agora que você está encantado com o Salar de Uyuni, lembre-se que este passeio pode ser perfeitamente combinado com uma visita ao deslumbrante Deserto do Atacama. Assim, você aproveita o melhor dos dois destinos incríveis na América Latina. 

Não perca a oportunidade de tornar sua viagem ainda mais especial! 

Te convido a ler nossos posts repletos de dicas valiosas sobre o Atacama e como aproveitar ao máximo sua experiência nessa região única. Vamos juntos explorar as maravilhas que esperam por você!

Qualquer dúvida, portfólio ou se você quiser o Manual de Dicas de Santiago, pode me chamar no whatsapp clicando no link abaixo:

Link pro meu Whatsapp

Link pro meu canal do Youtube

No Instagram @zerandochile eu posto conteúdo diário sobre o Chile. Se você veio pelo blog, comenta na minha última foto #vimpeloblog

Até o nosso próximo post! Abraço!

Tales Barreto

FUNDADOR ZERANDO O CHILE

Tales Barreto é um jovem sonhador cearense que abandonou uma carreira de piloto de navio pra tentar a vida no Chile. Hoje Youtuber de profissão, louco de criação e trabalha com turismo no Chile por paixão. Em uma de suas loucuras, decidiu zerar o Chile de van do indo extremo norte ao extremo sul do Chile gravando tudo pro Youtube. Daí veio o nome, Zerando o Chile! Se você ta vindo pra Santiago ou Atacama, fala com a gente. Nós te ajudamos com o seu roteiro e com a reserva de passeios.

Categorias

Comece por aqui

Hospedagem

Tours em Santiago

O que fazer em Santiago

Dicas Atacama

Dicas Santiago

Reserva online e suporte durante pagamento

BLOG

Posts Recentes

5 lugares incríveis para conhecer no Chile

5 lugares incríveis para conhecer no Chile

Termas de Puritana Deserto do Atacama

Termas de Puritama: Uma viagem pelas águas do Atacama

Explore as Termas de Puritama, no deserto do Atacama. Mergulhe nas relaxantes águas termais naturais, rodeadas pelo esplendor natural do Chile.
Estações do Ano no Atacama: Quando Ir e o Que Esperar

Estações do Ano no Atacama: Quando Ir e o Que Esperar

Estações do ano no Atacama: Descubra a melhor época para visitar esse paraíso único e planeje sua viagem com a Zerando.

NAVEGUE

HOSPEDAGEM

BARES E RESTAURANTES

O QUE FAZER EM SANTIAGO

COMECE AQUI

ATENDIMENTO

+55 31 4042 7834

© 2024 zerando o chile | Todos os direitos reservados | Tales Lima Barreto 32.401.706.0001-51

plugins premium WordPress