Como e Onde Trocar Dinheiro no Atacama (Para Evitar Perrengue!)

Como e Onde Trocar Dinheiro no Atacama (Para Evitar Perrengue!)

Quando se trata de viagem internacional, o câmbio sempre é uma das principais dúvidas dos viajantes. Isso se intensifica quando estamos falando de San Pedro de Atacama, porque se trata de um deserto, então as dúvidas ficam ainda maiores.

Qual o melhor lugar para fazer o câmbio? Usar crédito é vantajoso? Sacar no caixa eletrônico ou procurar casas de câmbio?

Primeiramente, logo ao desembarcar no aeroporto de Calama, antes de chegar à San Pedro de Atacama, existe um gasto a ser considerado: o transfer para o pueblo. Esse deslocamento possui um valor padrão entre as empresas que funcionam no trecho de 100km entre as duas cidades – De Calama a San Pedro.

Esse valor varia em torno de 12.000CLP para ida e 20.000CLP para volta, aproximadamente R$ 70,00 a R$ 116.68.

Felizmente, todas as empresas aceitam esse pagamento no crédito, inclusive, daqui a pouco você vai entender melhor como é a utilização do cartão no Atacama.

É sempre recomendável, porém, que você tenha pelo menos um pouco do dinheiro local em espécie para lidar com possíveis eventualidades. Antes de ir ao Chile, você pode trocar o mínimo necessário em uma casa de câmbio no Brasil, entretanto, as taxas nem sempre são as melhores.

Mas, hoje, você vai descobrir de uma vez por todas como lidar com o seu dinheiro no Atacama para nunca mais ter esse tipo de dúvida. Bora aprender, viajante?

1. Qual o melhor lugar para fazer o câmbio?

Não fique na mão_ saiba onde trocar dinheiro no Atacama

A primeira alternativa é realizar a sua troca na capital, Santiago. Lá, você encontrará as melhores taxas de câmbio do país, especialmente na Rua Agustinas, onde você consegue taxas de conversão mais econômicas e vantajosas, seja para trocar o Real ou Dólar.

Você até pode trocar o seu dinheiro no aeroporto de Santiago ou nas casas de câmbio em Calama, porém, essas alternativas não valem pena se considerar as taxas de câmbio e cobranças de taxa.

Mas, se o seu plano é seguir direto para o Atacama, também existem algumas soluções vantajosas para você.

Em San Pedro, você encontra várias casas de câmbio, mas preste atenção: se não for em caso de urgência, evite trocar por lá!

Na Rua Caracoles, você se depara com alguns locais para trocar seu dinheiro (seja real ou dólar), mas, devido às altas taxas, não recomendamos essa opção.

Chegando no Atacama, a principal rua para trocar dinheiro aqui é a Rua Toconao.

O macete aqui é que existem 4 casas de câmbio, uma ao lado da outra, o cenário perfeito para você ativar seu jeitinho brasileiro e dar uma penchichada com a concorrência.

2. É vantajoso usar o cartão de crédito?

É vantajoso usar o cartão de crédito no Atacama

Primeiramente, vamos desmistificar isso aqui: o crédito existe no deserto!

Muitos turistas e viajantes ainda têm a falsa impressão de que não conseguirão utilizar cartão de crédito em San Pedro.

Hoje em dia, porém, vários hotéis, restaurantes, agências e diversos outros estabelecimentos já aderiram ao uso desse tipo de transação financeira. Alguns, podem te cobrar uma taxa adicional para essa forma de pagamento.

É claro, assim como no Brasil, existem alguns negócios mais simples, de administrações familiares que não aceitam o crédito. 

Mas, se você quer saber se é vantajoso ou não utilizar o cartão de crédito, é necessário analisar os prós e contras. Sem dúvidas, o cartão é mais prático do que ficar carregando dinheiro físico o tempo todo, porém, o uso do crédito representa um gasto adicional de 6,6% no IOF (2022).

Cabe a você avaliar as condições do seu cartão e do seu banco e analisar se faz sentido a sua utilização, porém, recomendamos que você sempre tenha essa carta na manga para solucionar imprevistos. Então, considere levar consigo um cartão habilitado para uso internacional.

3. Caixas eletrônicos em San Pedro de Atacama

Como e Onde Trocar Dinheiro no Atacama (Para Evitar Perrengue!)

Já adiantamos que essa não é uma opção tão econômica, mas pode ser utilizada sim.

Assim como com os cartões de crédito, o saque em caixa eletrônico resulta em uma cobrança extra de 6,38% do IOF. Fora a taxa da “Redbanc” que é cobrada no sistema interbancário dos caixas eletrônicos chilenos.

Essa taxa pode ser entre 4.500CLP a 6.000CLP – aproximadamente R$ 26,25 a R$35,00 – variando de acordo com o banco.

Ainda, existe um limite de saque de 200.000CLP – aproximadamente R$1.166,81 – portanto, fazer muitas transações vai te custar caro.

O saque em caixa eletrônico, todavia, é uma alternativa para quem não quer sair carregando dinheiro. Você encontra agências do Banco Estado na rua Gustavo Le Paige, próximo à praça, e do BCI na esquina das ruas Caracoles e Vilama, ambas com caixas eletrônicos. 

Mas esteja em alerta, sempre há risco de você encontrar grandes filas, o que pode fazer com que o dinheiro disponível na cidade acabe! Então, nunca esteja com o bolso vazio contando apenas com os saques.

Dito isso, chegamos à conclusão de que o ideal é seguir o ditado popular “Nunca coloque todos os ovos em uma única cesta”.

Mas, se você procura por um direcionamento mais concreto, nosso conselho é que você leve o dinheiro em real em espécie para trocar em Santiago ou no próprio Atacama.

Pesquise e entenda sobre os custos no Chile para não passar perrengues financeiros por aqui. Para te ajudar com isso, temos um conteúdo falando sobre custos e você pode acessá-lo clicando aqui.

Qualquer dúvida, portfólio ou se você quiser o Manual de Dicas de Santiago, pode me chamar no whatsapp clicando no link abaixo.

Link pro meu Whatsapp

Link pro meu canal do Youtube

No Instagram @zerandochile eu posto conteúdo diário sobre o Chile. Se você veio pelo blog, comenta na minha última foto #vimpeloblog

Até o nosso próximo post! Abraço!

Tales Barreto

FUNDADOR ZERANDO O CHILE

Tales Barreto é um jovem sonhador cearense que abandonou uma carreira de piloto de navio pra tentar a vida no Chile. Hoje Youtuber de profissão, louco de criação e trabalha com turismo no Chile por paixão. Em uma de suas loucuras, decidiu zerar o Chile de van do indo extremo norte ao extremo sul do Chile gravando tudo pro Youtube. Daí veio o nome, Zerando o Chile! Se você ta vindo pra Santiago ou Atacama, fala com a gente. Nós te ajudamos com o seu roteiro e com a reserva de passeios.

Categorias

Comece por aqui

Hospedagem

Tours em Santiago

O que fazer em Santiago

Dicas Atacama

Dicas Santiago

Reserva online e suporte durante pagamento

BLOG

Posts Recentes

Salar do Uyuni

Como fazer a travessia do Salar Uyuni – Dicas de um expert

5 lugares incríveis para conhecer no Chile

5 lugares incríveis para conhecer no Chile

Termas de Puritana Deserto do Atacama

Termas de Puritama: Uma viagem pelas águas do Atacama

Explore as Termas de Puritama, no deserto do Atacama. Mergulhe nas relaxantes águas termais naturais, rodeadas pelo esplendor natural do Chile.
plugins premium WordPress
Abrir bate-papo
Olá
Podemos ajudá-lo?