Chañar-Atacama

5 plantas comestíveis típicas do Atacama para você experimentar

Ao planejar uma viagem ao Atacama, é impossível não se encantar com a rica gastronomia local. E se você é um(a) amante da culinária e gosta de experimentar novos sabores, saiba que existem diversas plantas comestíveis que são típicas da região. Neste post, vamos apresentar 5 plantas que você precisa experimentar durante sua visita ao deserto mais árido do mundo. Prepare-se para se deliciar com sabores únicos e exóticos!

Se você está se perguntando como o Atacama pode ter uma culinária tão rica sendo o deserto mais seco do mundo, saiba que não está sozinho. Muitas pessoas acreditam que a região possui pouca biodiversidade, agricultura fraca e falta de recursos para produção de alimentos. No entanto, a gastronomia local é surpreendente, com uma variedade de sabores que misturam ingredientes locais com a cultura indígena que sempre permeou a região.

Nos restaurantes de San Pedro de Atacama, você terá a oportunidade de experimentar pratos feitos com ingredientes exóticos e únicos, dos quais você provavelmente nunca ouviu falar. Deixe-se surpreender pela culinária local e descubra sabores incríveis que só o Atacama pode oferecer. Vamos juntos nessa aventura gastronômica?

1. Chañar

Chañar-Atacama

O chañar é parecido com uma castanha, mas se trata de uma fruta de uma árvore que também leva esse nome. A frutinha é extremamente doce e seu sabor é semelhante ao do mel ou melado, por isso, é muito usada para adoçar comidas e fazer xaropes usados em sobremesas e sorvetes. Além disso, na gastronomia mais atual, é usada em pratos agridoces, como no frango ou nos frutos do mar ao molho de chañar do restaurante Adobe. Falamos um pouco mais sobre esse restaurante no nosso post dos 3 dos melhores restaurantes do Atacama

A fruta é usada em outros ramos além da culinária, como na confecção de sabonetes e até em itens de decoração. É, também, conhecida localmente por aliviar dores de garganta e tosse. Por fim, é usada como ingrediente de uma bebida alcoólica chamada “aloja de chañar”, feita a partir dos frutos fermentados. 

2. Rica rica

Rica-Rica-Atacama

A erva rica-rica, uma das plantas comestíveis típicas do Atacama, cresce em arbustos, e a condição que possibilita o seu crescimento é a altitude elevada, como é o caso do Atacama. Em razão do seu cheiro muito característico, é utilizada para aromatizar comidas e bebidas – você poderá experimentar o pisco sour (bebida típica chilena) aromatizado com rica-rica, para deixar o drink bem atacamenho. 

A erva tem um sabor fresco, semelhante ao da hortelã, e é usada tanto em preparos doces quanto salgados. Além disso, tanto as suas folhas como os seus ramos são utilizados para fazer chá, que é ótimo contra dores de estômago, pois ajuda na digestão. 

A nossa dica é: experimente o sorvete de morango com rica-rica da sorveteria Babalu, muito refrescante e com um sabor único. 

Confira aqui nosso texto completo sobre a Babalu Heladeria Artesanal. 

3. Coca

Folhas-de-Coca-Atacama

A folha de coca é muito conhecida pelos viajantes que vão encarar destinos com uma grande altitude, como é o caso do deserto do Atacama. As propriedades dessa planta fazem com que os efeitos dos mais de 2.000 mil metros acima do nível do mar sejam minimizados. É, também, uma planta naturalmente energética, que ajuda a reduzir o cansaço. Há algumas formas de consumir, mas as principais são fazendo o chá de coca ou então mastigando a própria folha. 

Você poderá facilmente encontrar folhas de coca sendo vendidas em saquinhos na feira artesanal que acontece na pracinha da cidade de San Pedro. Além disso, você poderá experimentar as balas de coca, que são bem doces e baratas. 

4. Algarrobo

Algarrobo-Fruta-Atacama

Ele é o fruto da alfarrobeira, um arbusto pouco comum no Brasil, que produz vagens escuras que possuem sementes marrons e sabor doce. O fruto dessa planta comestível típicas do Atacama pode ser consumido cru ou cozido, e desses frutos também se faz uma farinha que é muito nutritiva e pouco calórica. 

O fruto é rico em antioxidantes e pode ser utilizado como alternativa ao cacau em pó ou chocolate em receitas. Pelo sabor doce, é usado para preparar algo semelhante ao mel ou também bebidas refrescantes ao moer os frutos. Além disso, são elaboradas a chicha e até o vinagre depois de terem fermentado.

Entre os meses de setembro e novembro, as ruas de San Pedro ficam cheias dessa frutinha.  

5. Quinoa

Quinoa

Por último, um ingrediente que você já deve ter comido no Brasil, mas que é muito consumido no Chile. A quinoa é um ingrediente extremamente presente na gastronomia atacamenha e pode ser encontrada na versão vermelha, branca e preta. 

O grão tem um alto valor nutricional e serve como base para preparos deliciosos, como o quinotto, o risoto de quinoa. Apesar do que a maioria das pessoas pensa, a quinoa é uma semente da mesma família que a beterraba e o espinafre. É conhecida como o “alimento do futuro” por ser fácil de plantar, até mesmo regiões como as alturas das cordilheiras. 

Pela sua infinidade de propriedades benéficas, é reconhecida como um superalimento. A quinoa é muito nutritiva e tem um alto teor de proteína quando comparada aos outros cereais, além de ser rica em cálcio, ferro, fibra e antioxidantes. 

Possui um sabor suave e é incrivelmente versátil na cozinha. Pode ser incorporada em todas as refeições, como parte de sopas, molhos, acompanhamento de carnes, saladas, em pratos doces ou salgados. 

É difícil resistir a todas essas delicias, hein? O Chile é um país atrativo por inúmeros fatores, e sem dúvidas a culinária é uma das principais, então não deixe de colocar no seu roteiro a visita a restaurantes chilenos, em especial a região atacamenha.

Ahhh, temos aqui blog da Zerando muitas outras dicas da região do Atacama! Não deixe de ler as 10 principais dicas pro Atacama que podem te salvar de problemas.

Valeu pessoal, nos vemos por aqui! 

Qualquer dúvida, portfólio ou se você quiser o Manual de Dicas de Santiago, pode me chamar no whatsapp clicando no link abaixo.

Link pro meu Whatsapp

Link pro meu canal do Youtube

No Instagram @zerandochile eu posto conteúdo diário sobre o Chile. Se você veio pelo blog, comenta na minha última foto #vimpeloblog

Até o nosso próximo post! Abraço!

Tales Barreto

FUNDADOR ZERANDO O CHILE

Tales Barreto é um jovem sonhador cearense que abandonou uma carreira de piloto de navio pra tentar a vida no Chile. Hoje Youtuber de profissão, louco de criação e trabalha com turismo no Chile por paixão. Em uma de suas loucuras, decidiu zerar o Chile de van do indo extremo norte ao extremo sul do Chile gravando tudo pro Youtube. Daí veio o nome, Zerando o Chile! Se você ta vindo pra Santiago ou Atacama, fala com a gente. Nós te ajudamos com o seu roteiro e com a reserva de passeios.

Categorias

Comece por aqui

Hospedagem

Tours em Santiago

O que fazer em Santiago

Dicas Atacama

Dicas Santiago

Reserva online e suporte durante pagamento

BLOG

Posts Recentes

Salar do Uyuni

Como fazer a travessia do Salar Uyuni – Dicas de um expert

5 lugares incríveis para conhecer no Chile

5 lugares incríveis para conhecer no Chile

Termas de Puritana Deserto do Atacama

Termas de Puritama: Uma viagem pelas águas do Atacama

Explore as Termas de Puritama, no deserto do Atacama. Mergulhe nas relaxantes águas termais naturais, rodeadas pelo esplendor natural do Chile.
plugins premium WordPress
Abrir bate-papo
Olá
Podemos ajudá-lo?